Bolha TelexFREE rebenta e deixa milhares de Portugueses com Dívidas

Esquema em Pirâmide TelexFREEA fraude TelexFREE rebentou em 2014. Milhares de Portugueses perderam dinheiro e ficaram cheios de dívidas. Tenha cuidado com outros esquemas que ainda existem!

Anteriormente já tínhamos avisado os nossos leitores que em 2014 a fraude TelexFREE ia rebentar e que não valia a pena investir neste Esquema em Pirâmide. Apesar dos vários apelos para não cair nesta fraude, muitas pessoas chegaram a colocar o dinheiro de vários meses de trabalho nesta empresa e até pediram dinheiro emprestado, a pensar no retorno prometido entre 200% a 250%. Entre janeiro e março de 2014 foram vários os líderes e divulgadores que andaram de norte a sul do país, incluindo Madeira e Açores, onde estavam procurando pela suas próximas vítimas através de conferências em hotéis ou conversas em cafés. Por cada pessoa (enganada) recrutada para o esquema, ganharam 100 dólares, sem contar com os binários e comissões extra que receberam por terem mais uma pessoa (enganada) na sua rede. Continue lendo para conhecer os testemunhos de pessoas que perderam dinheiro e quais são os Esquemas em Pirâmide que vão rebentar nos próximos meses.

Continuar a ler

O que muda no Crédito à Habitação

Mudanças no Crédito HabitaçãoSaiba o que muda no crédito à habitação. Descubra como será resolvido as situações de dívida, spreads e imóveis entregues aos bancos.

O empréstimo de dinheiro para compra de casa foi atualizado de forma a estar preparado para lidar com os problemas da crise económica em Portugal. O regime do crédito à habitação foi alterado, tornando mais fácil a entrega de casas aos bancos, entre outros aspetos importantes. Agora os bancos vão passar a ser obrigados a reestruturar, as dívidas em falta mantêm as condições, não podem ser agravados os spreads, e as casas dos bancos passam a não ter vantagens sobre o mercado imobiliário. Continue lendo para conhecer melhor cada aspeto importante para proprietários com crédito.

Continuar a ler

Novas Regras Dívidas Crédito à Habitação

Dívidas do empréstimo habitação ao BancoDescubra quais são as novas regras que estão em discussão sobre quem não consegue pagar as dívidas do Crédito à Habitação. Saiba como as famílias podem ter os seus problemas resolvidos quando não conseguem cumprir com o pagamento das prestações do empréstimo da casa.

A proposta atual prevê que quando o titular do crédito fique desempregado o banco seja obrigado a renegociar o seu contrato e reestruturar o crédito. Também entram nesta excepção as pessoas que tenham visto os seus rendimentos cair pelo menos 35% no último ano, cujas famílias tenham uma taxa de esforço de 45% no caso de agregados com filhos e 50% para agregados sem filhos ou casos em que imóveis em que não excedam 90 mil euros, 105 mil euros e 120 mil euros, consoante a sua localização.

Continuar a ler

Endividamento Crédito CGD

Endividamento Crédito CGDSabia que o Banco Caixa Geral de Depósitos (CGD) está a fornecer condições excelentes para as famílias e particulares que estão com dificuldades financeiras e possuem crédito no banco? Conheça as novidades para o endividamento de crédito na CGD!

Portugal é conhecido a nível internacional como um dos países onde nestes últimos anos as pessoas fizeram questão em ter casa própria, e isso hoje em dia vê-se no que está a passar no setor habitacional a nível nacional. Os spreads atrativos e os financiamentos dos bancos também contribuíram para esse estilo de vida. Contudo, com a crise financeira e um orçamento cada vez mais reduzido, muitas pessoas vêem-se obrigadas a ter que vender o seu imóvel ou deixar de pagar o crédito à habitação porque está no desemprego ou o rendimento mensal não chega para a prestação da casa.

Continuar a ler

Famílias com dívidas aos bancos vão pagar menos pelos atrasos

Os bancos vão ter regras comuns na cobrança de juros de mora às famílias que entrem em incumprimento no crédito à habitação. Esta medida está prevista no pacote legislativo que está a ser preparado pelo Governo, e vem juntar-se ao conjunto de propostas das diversas forças políticas que ontem começaram a ser discutidas na Assembleia da República.

O pagamento de juros de mora, a aplicação de penalizações adicionais e a revisão do spread são custos financeiros adicionais com que se deparam muitas vezes as pessoas que começam a deixar de ter condições para pagar as prestações do empréstimo. A não aplicação destes agravamentos pode acontecer, mas, como assinala o secretário-geral da Deco, Jorge Morgado, está dependente “da boa vontade da entidade credora”.

Continuar a ler

Entrega da casa ao banco liquida empréstimo

Conheça uma decisão inédita do tribunal, que faz com que a entrega da casa ao banco liquida o empréstimo habitação. Se está com dívidas ou não tem dinheiro para pagar, devolva a casa ao banco.

Segundo a informação que recebemos do Diário Económico, o tribunal de Portalegre determinou que o cliente da hipoteca ao entregar a habitação ao banco, paga a totalidade do empréstimo.

Continuar a ler