Quanto vale a sua casa? Vale a pena arrendar casas?

Quanto vale a sua casa?Sabe quanto dinheiro vale a sua casa ou apartamento? Investiu na compra de uma moradia e agora quer alugar? Saiba se vale a pena arrendar e descubra o valor da sua casa.

Nos dias de hoje o mercado imobiliário mudou completamente, o que antes era um bom negócio rentável, agora já não o é ou a rentabilidade desceu bastante. Por isso, a agência de proteção ao consumidor Deco fez as contas e tirou diversas conclusões.

Primeiro, os riscos de incumprimento, os custos associados a uma casa e o preço desta são os fatores chave, que segundo a revista Proteste Investe, da Deco, menciona que devem ser tidos em conta antes de pensar em adquirir um imóvel com a finalidade de arrendar. Todos esses valores contribuem para o cálculo da rentabilidade anual líquida, indicar que diz se é rentável ou não comprar casas para alugar.

De acordo com os espertos na área do imobiliário e arrendamento, se tiver uma taxa de tributação em sede de IRS de 24,5%, a rentabilidade de uma casa arrendada vai no máximo aos 4,5%, se a casa estiver localizada nas principais zonas residenciais de Lisboa e Porto. Mas se o conjunto de rendimentos do senhorio estiver na fasquia dos 49% de taxa de IRS, a rentabilidade vai cair para os 1,3% e 2,5%.

Outro fator importante a ter em conta, além da sujeição das rendas ao IRS, é a necessidade dos investidores terem de se preocupar com a tendência dos preços dos imóveis, antes de pensar em investir dinheiro. Apesar de serem investimentos de longo prazo, o resultado é sempre a soma das rendas com a mais ou menos valias na altura de alienação. Deve ler a informação compilada pelo INE (Instituto Nacional de Estatística) sobre a evolução da avaliação dos bancos às casas.

A Deco ainda alerta para mais um fator importante que é a concretização do contrato de arrendamento. Pois, dependendo do mercado imobiliário onde possui o imóvel para arrendar, é necessário primeiro encontrar um potencial inquilino interessado pelo preço definido. Os custos associados com o arrendamento são: condomínio, seguros, taxas municipais, Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e eventuais reparações. São estas as despesas que irão acompanhar para sempre a vida do imóvel.

Recomendamos que adquira um imóvel próximo a transportes, escolas e hospitais. Desta forma será mais fácil de arrendar e poderá potenciar o seu investimento. No momento do aluguer do espaço e para evitar o incumprimento por parte do inquilino, deve redigir um contrato que indique os pontos essenciais entre as duas partes, sendo aconselhável solicitar ao inquilino uma cópia do IRS e dos recibos de vencimento para certificar-se que está a alugar o imóvel a uma pessoa capaz de pagar a renda.

Pode aceder ao simulador de rentabilidade do arrendamento, onde pode calcular a rentabilidade anual líquida do investimento num imóvel com intenção de colocar no mercado de arrendamento.