Como Poupar Dinheiro no Crédito Habitação

Poupe no seu crédito habitaçãoConheça vários truques para poupar dinheiro no seu crédito à habitação. Siga o conselho de outras pessoas que pagam menos por mês. Poupe agora!

A prestação do crédito habitação é responsável por consumir uma grande parte do seu orçamento familiar, por isso é natural que procure por uma forma de poupar todos os meses, pois basta uma pequena descida no valor que paga mensalmente, para no fim do ano poupar bastante dinheiro. Anteriormente a forma mais fácil era renegociar os spreads com a sua instituição bancária, contudo na maior parte dos casos agora os bancos já não oferecem esta possibilidade – apenas em casos pontuais. Continue lendo para conhecer as opções disponíveis para poupar todos os meses no seu crédito de compra da casa.

Opções para Poupar no Crédito à Habitação

Devido à situação económica de Portugal é cada vez mais importante poupar dinheiro não só nos seus gastos diários e coisas desnecessárias, como também fazer com que os custos do crédito de compra de casa no fim do mês sejam menores, pois um euro poupado é um euro ganho. Aqui ficam várias opções viáveis para poupar no seu crédito:

  • Transferir seguro de vida – No momento da constituição do crédito habitação, também existe a adesão a um seguro de vida, que em muitos casos é feito numa segurada associada ao banco. Frequentemente o valor do prémio (prestação) é pouco competitivo, existindo melhores ofertas no mercado, por essa razão é possível transferir o seguro para outra seguradora, de forma a poupar muito dinheiro no final do mês.
  • Transferir seguro multirriscos ou renegociar – Da mesma forma que acontece com o seguro de vida, o seguro de multirriscos oferecido pelo seu banco é pouco competitivo. Por essa razão, você deve procurar uma seguradora mais competitiva, para conseguir poupar alguns euros todos os meses. Ao contrário do seguro anterior, este tipo de seguro normalmente tem uma poupança associada menor, pelo que é uma questão de fazer as contas e saber se vale ou não a pena. Caso não valha a pena mudar, sempre poderá renegociar, concentrando-se nos seguintes pontos: coberturas da apólice e respetivo capital seguro, prémio que paga atualmente, simulações de outras seguradoras com o mesmo tipo de contrato e simulações de outras seguradoras com as coberturas mínimas por lei no seguro de multirrisco.

  • Otimizar produtos agregados – Por outro lado, podem haver outros produtos financeiros agregados ao seu contrato de crédito habitação, como o caso de cartões de crédito ou subscrição de outro tipo de produtos financeiros. Antes de mais, é importante identificar quais são os produtos associados, através do extrato bancário ou do seu contrato de débito. Identifique os produtos que não necessita e corte-os da sua lista.
  • Amortizar crédito antecipadamente – Caso tenha capital disponível que não necessita a médio ou curto prazo, uma alternativa real é a amortização antecipada do capital em dívida, pelo que o cálculo dos juros será sobre um valor mais pequeno, ou seja, você vai pagar menos juros originando uma poupança significativa ao fim do mês. Antes de fazer a amortização de parte do capital, verifique se compensa, caso contrário poderia usar esse dinheiro para investir em ações ou em depósitos a prazo. Pense bem e verifique as vantagens!